OTOTOXICIDADE EM TRABALHADORES POR EXPOSIÇÃO A AGROTÓXICOS

Autores

  • Meire Aparecida Judai
  • Patricia Alexandra Antunes

DOI:

https://doi.org/10.17271/198008279112013670

Resumo

Resumo: O Brasil alcançou em 2009 o primeiro lugar no ranking mundial de consumo de agrotóxicos, embora não seja o principal produtor agrícola mundial. Algumas publicações relatam que no Brasil trabalhadores expostos a agrotóxicos, apresentam alta incidência de neuropatias periféricas e também a presença de perdas auditivas do tipo neurossensorial de grau leve a moderado. Com apenas dias de exposição, pode-se apresentar perda auditiva, variando o grau de leve a profunda. Diante do exposto, conclui-se que é necessário analisar o perfil audiométrico de moradores e trabalhadores agrícolas, realizar pesquisas, principalmente na região do Pontal do Paranapanema, avaliando a influência dos agrotóxicos sobre a audição, propiciando discussões sobre a necessidade de programas preventivos destinados a essa população.

Palavras-chave: Ototoxicidade, Saúde Ambiental, Saúde Auditiva

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-11-10

Como Citar

Aparecida Judai, M., & Alexandra Antunes, P. (2013). OTOTOXICIDADE EM TRABALHADORES POR EXPOSIÇÃO A AGROTÓXICOS. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 9(11). https://doi.org/10.17271/198008279112013670