GESTÃO E GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS QUÍMICOS DOS LABORATÓRIOS DIDÁTICOS DO DEPARTAMENTO DE QUÍMICA E CIÊNCIAS AMBIENTAIS E DO ENTREPOSTO DE RESÍDUOS DO IBILCE/UNESP

Autores

  • Clara Pires Ferreira
  • Mario Henrique Gonzalez
  • Luan da Silva Viana

DOI:

https://doi.org/10.17271/1980082712120161368

Resumo

Nesse estudo destaca-se a importância de um programa de gerenciamento de resíduos químicos em instituições de ensino. A quantidade de resíduos químicos gerados em aulas práticas é desprezível comparado às atividades industriais, porém o fator preocupante dessa geração é a problemática ambiental que oferecem caso não recebam tratamento e destinação finais adequados. A possibilidade da redução, reutilização e da reciclagem de resíduos favorece a disseminação de uma postura correta frente a aspectos ambientais, levando a economia de reagentes e no próprio tratamento dos resíduos gerados. A partir disso, junto à Comissão de Ética Ambiental (CEA) e o Departamento de Química e Ciências Ambientais (DQCA) do Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE), foi trabalhado uma mudança na conduta dos alunos e pesquisadores frente à necessidade de se ter um controle sobre a produção e caracterização de resíduos, assim como proceder da forma correta na hora do descarte e identificação, através de disciplinas e eventos na busca da conscientização, na adequação dos laboratórios didáticos com normas de segurança, ensino correto de segregação de resíduos gerados nas disciplinas experimentais, criação de fichas e etiquetas de caracterização e identificação dos resíduos, respectivamente, e por fim, a revitalização do entreposto de resíduos do instituto.

 

PALAVRAS-CHAVE: Gerenciamento; Resíduos Químicos; Meio Ambiente.

 

ABSTRACT
This study highlights the importance of a chemical waste management program in educational institutions. The amount of chemical waste generated in practical classes is negligible compared to industrial activities, but the worrying factor of this generation is the environmental problems that offer unless it receives proper treatment and disposal. The possibility of reduction, reuse and recycling of waste favors the spread of a right front stance on environmental issues, leading to savings of reagents and proper treatment of waste generated. From this, by the Comissão de Ética Ambiental (CEA) and the Departamento de Química e Ciências Ambientais (DQCA) at Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE), a change was expected in the conduct of students and researchers faced with the need of a control over the production and characterization of waste and how to proceed in the right way at the time of disposal and identification, across disciplines and events in search of awareness, adequacy of undergraduate laboratories with safety standards, correct teaching of separating waste generated in experimental disciplines, creating chips and characterization of labels and identification of waste, respectively, and finally, the revitalization of the waste warehouse.

 

KEYWORDS: Management; Chemical Wastes; Environment.

 

RESUMEN
En este estudio pone de relieve la importancia de un programa de gestión de residuos químicos en las instituciones educativas. La cantidad de residuos químicos generados en las clases prácticas es insignificante en comparación con la de las actividades industriales, sin embargo lo factor preocupante de este generación son los problemas ambientales que ofrecen si no reciben tratamiento y eliminación adecuado. La posibilidad de redución, reutilización y del reciclado de los residuos favorece la propagación de una posición para caminar derecha a los aspectos ambientales, lo que lleva a un ahorro de reactivos y el tratamiento adecuado de los residuos. A partir de este, por la Comissão de Ética Ambiental (CEA) y el Departamento de Química e Ciências Ambientais (DQCA) de lo Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE), un cambio se trabajó en la conducta de los estudiantes y investigadores respecto a la necesidad para tener un control sobre la producción y caracterización de residuos y la forma de proceder de la manera correcta en el momento de la eliminación y localización, por medio de clases y eventos en busca de la conciencia, en la adecuación de los laboratorios de enseñanza con los estándares de seguridad, correcta enseñanza de la separación de residuos generados en las clases experimentales, la creación de chips y etiquetas de identificación y caracterización de los residuos, respectivamente, y por último, la revitalización del almacén de residuos.

 

PALABRAS-CLAVE: Gestión; Residuos Químicos; Medio Ambiente.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-25

Como Citar

Ferreira, C. P., Gonzalez, M. H., & Viana, L. da S. (2016). GESTÃO E GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS QUÍMICOS DOS LABORATÓRIOS DIDÁTICOS DO DEPARTAMENTO DE QUÍMICA E CIÊNCIAS AMBIENTAIS E DO ENTREPOSTO DE RESÍDUOS DO IBILCE/UNESP. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 12(1). https://doi.org/10.17271/1980082712120161368

Edição

Seção

Artigo Completo