Aspectos epidemiológicos da dengue nos biomas do Estado de Mato Grosso

Authors

  • Evellyn Crystine Pessoa de Lima
  • Poliana Roma Greve Nodari
  • Stephanie Sommerfeld de Lara

DOI:

https://doi.org/10.17271/1980082712420161456

Abstract

A dengue é uma doença infecciosa, considerada um problema de saúde pública, principalmente em países tropicais cujas condições são favoráveis a proliferação do vetor Aedes Aegypti. O escopo deste estudo foi identificar a taxa média de incidência dos biomas que integram o estado de Mato de Grosso e determinar qual bioma apresenta a maior média de incidência. Os dados foram obtidos pelo Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS), considerando todos os casos de dengue registrados no estado nos anos de 2008 a 2012. Formulou-se a taxa média de incidência dos biomas que constatou que a maior incidência pertence ao Bioma Amazônico, seguido do bioma Cerrado e posteriormente o bioma Pantanal. No entanto, a taxa média poderia ser maior uma vez que ainda existam limitações dos vários sistemas de informações e subnotificações de casos, somados a não cobertura total da população pela Atenção primária no estado. A integração dos bancos de dados e uma maior abrangência dos serviços de saúde permitiria melhorar a vigilância deste agravo tornando-se uma alternativa útil para identificar os locais de alerta onde devem ser subsidiadas ações de promoção e proteção à população.

PALAVRA-CHAVE: Dengue, Saúde coletiva, ambiente.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

31-12-2016

How to Cite

Lima, E. C. P. de, Nodari, P. R. G., & Lara, S. S. de. (2016). Aspectos epidemiológicos da dengue nos biomas do Estado de Mato Grosso. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 12(4). https://doi.org/10.17271/1980082712420161456

Issue

Section

Complete Article