Análise dos Modelos de Plataformas Satélites para Distribuição de Cargas em Ambiente Urbano

Autores

  • Cauana Mendes e Mendes
  • Marcius Fabius Henriques de Carvalho

DOI:

https://doi.org/10.17271/1980082713120171491

Resumo

Com o crescente interesse em equilíbrio entre o social, ambiental o econômico, governo e empresas se movimentam no sentido de discutir e implementar ações que contornem os efeitos negativos de atividades no meio urbano. As operações logísticas afetam a qualidade do ar, geram ruídos e vibrações, causam acidentes e contribuem significativamente para a diminuição da qualidade de vida no meio urbano. Ações como, o transporte de carga na cidade, passam a ser regulamentadas por janela de tempo e capacidade de veículo no sentido de contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos do meio urbano. Entretanto, essas ações dificultam o atendimento às necessidades do cidadão diminuído, quando não adequadamente implementadas, a competitividade dos produtos. Para a adequada distribuição de carga em meio urbano são usados principalmente dois modelos: O modelo de Centros de distribuição – plataformas satélites e o modelo de corredores de carga.  Este artigo se propõe a identificar e analisar o modelo de plataformas satélites para a distribuição de carga em meio urbano por meio de um levantamento bibliográfico e desenvolvimento de modelos de otimização de fluxo em redes para implementação de um cenário de estudo em ambiente urbano.

PALAVRAS-CHAVE: Logística de Cidades, Modelos de Fluxo em Redes, Programação Linear. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-01-01

Como Citar

Mendes, C. M. e, & Carvalho, M. F. H. de. (2017). Análise dos Modelos de Plataformas Satélites para Distribuição de Cargas em Ambiente Urbano. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 13(1). https://doi.org/10.17271/1980082713120171491

Edição

Seção

Artigo Completo