Monitoramento do oxigênio dissolvido no Córrego das Marrecas – SP como principal parâmetro de qualidade da água

Autores

  • Bruna Ragassi
  • Juliana Heloisa Pinê Américo-Pinheiro
  • Osmar Pereira da Silva Junior

DOI:

https://doi.org/10.17271/1980082713520171704

Resumo

A qualidade das águas dos corpos hídricos pode ser influenciada por diferentes ações antrópicas associadas ao uso e ocupação do solo em bacias hidrográfica. O objetivo do presente trabalho foi avaliar as concentrações de oxigênio dissolvido ao longo de Córrego das Marrecas do município de Dracena- SP. Foram realizadas coletas mensais durante no período de março/2017 a maio/2017 em 5 pontos amostrais do Córrego das Marrecas. Em cada ponto amostral foi mensurada a concentração de oxigênio dissolvido com auxílio de uma Sonda Multiparamétrica Aquaread AP 2000. As menores concentrações de oxigênio dissolvido na água do córrego foram registradas no ponto localizado no lançamento do efluente tratado da estação de tratamento de esgoto (ETE) do municipal. Esse fato pode estar relacionado a não eficiência da ETE na remoção de matéria orgânica e também devido a vazão do Córrego das Marrecas ser pequena para receber o efluente da ETE, não permitindo que o efluente tenha uma diluição adequada. Conclui- se que o oxigênio dissolvido é um parâmetro que pode ser utilizado para avaliar a qualidade da água e possíveis interferências do uso e ocupação do solo em uma bacia hidrográfica. O lançamento de efluente de ETE é o principal fator que interfere de forma negativa na qualidade da água como verificado no presente estudo em que no ponto de lançamento da ETE a concentração de oxigênio na água não se enquadrou no estabelecido pelos órgãos fiscais do Estado. PALAVRAS-CHAVE: Autodepuração. Corpos hídricos. Efluente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-12-19

Como Citar

Ragassi, B., Américo-Pinheiro, J. H. P., & Silva Junior, O. P. da. (2017). Monitoramento do oxigênio dissolvido no Córrego das Marrecas – SP como principal parâmetro de qualidade da água. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 13(5). https://doi.org/10.17271/1980082713520171704

Edição

Seção

Artigo Completo

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)