Análise Temporal de Índices Radiométricos no Município de Bebedouro, São Paulo

Autores

  • Glaucia Regina Santos
  • Ana Paula Leite
  • Victor Costa Leda

DOI:

https://doi.org/10.17271/1980082713620171718

Resumo

Nas sociedades modernas o sensoriamento remoto surge para fornecer informações temporais de extensas áreas com alto grau de detalhamento, a fim de analisar e monitorar as modificações de uso do solo. Desse modo, o objetivo deste trabalho foi verificar as modificações no uso do solo no município de Bebedouro – SP em um período de 20 anos e entender quais fatores podem se relacionar com a expansão do município. Foram utilizadas imagens em épocas distintas (1995 e 2015) para toda a extensão da cidade. Os índices utilizados neste trabalho foram o SAVI, MSAVI2 e NDBI. Observou-se que as manchas urbanas presente nos índices apresentam-se inseridas na mesma classe de solo exposto. Ocorreu maior amplitude geral do índice NDBI, no ano de 1995 e 2015. Ao comparar o SAVI do MSAVI2, observa-se que MSAVI2 apresenta maior grau de detalhamento. A amostragem temporal nos indica que no município ocorreu um aumento de área com biomassa vegetal, isto porque houve um aumento na média dos valores dos pixels dos índices SAVI e MSAVI2 das imagens processadas, e um aumento de áreas urbanas e estéreis, caracterizada pelo aumento na média dos valores dos pixels do índice NDBI. O município apresentou um incremento em área urbana de 25,41%. Pode-se associar que o crescimento espacial urbano relaciona-se com o aumento do número de habitantes. Porém, tanto os valores de expansão espacial como populacional apresentaram valores reduzido quando comparado com cidades de economia bem desenvolvida. PALAVRAS-CHAVE: Sensoriamento remoto. Expansão urbana. Processamento de imagens.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-12-19

Como Citar

Santos, G. R., Leite, A. P., & Leda, V. C. (2017). Análise Temporal de Índices Radiométricos no Município de Bebedouro, São Paulo. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 13(6). https://doi.org/10.17271/1980082713620171718

Edição

Seção

Artigo Completo