Imagens orbitais aplicadas na evolução do uso e ocupação da terra de uma mcirobacia, visando sua sustentabilidade ambiental

Autores

  • Sérgio Campos
  • Felipe de Souza Nogueira Tagliarini
  • Marcelo Campos

DOI:

https://doi.org/10.17271/1980082713620171720

Resumo

Sistemas de informação geográfica (SIG), juntamente com a técnica de análise multi-critério, permite a padronização e integração de dados, que normalmente comer de várias fontes, permitindo uma avaliação conjunta da mesma, proporcionando mais eficiência e confiabilidade no processo de tomada de decisão para promover a adequação do uso do solo. O presente estudo destinado a analisar a fragilidade ambiental no Ribeirão das Agulhas - Botucatu (SP). O uso de um Sistema de Informação Geográfica para a elaboração de mapas de fragilidade: classes de pedologia, declividade, geologia e uso e ocupação do solo. Os fatores foram integrados e interpolados, onde todos receberam as mesmas variáveis de peso na análise e a sobreposição de destes mapas geraram informações da fragilidade ambiental da microbacia. Os resultados mostraram que a classe de fragilidade ambiental média merece maior atenção, uma vez maior atenção, pois representa quase 35% da área, mostrando que mal planejada e se não forem tomadas precauções, essas áreas tendem a ser mais facilmente degradadas. PALAVRAS-CHAVE: Microbacia. Geoprocessamento. Sistema de Informação Geofgráfica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-12-19

Como Citar

Campos, S., Tagliarini, F. de S. N., & Campos, M. (2017). Imagens orbitais aplicadas na evolução do uso e ocupação da terra de uma mcirobacia, visando sua sustentabilidade ambiental. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 13(6). https://doi.org/10.17271/1980082713620171720

Edição

Seção

Artigo Completo

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>