Avaliação do Caráter das Praças de Umuarama – PR

Authors

  • Carolina Cardoso
  • Yara Campos Miranda
  • Bruno Luiz Domingos De Angelis

DOI:

https://doi.org/10.17271/1980082713820171737

Abstract

Os espaços livres estão enraizados na urbanização das cidades brasileiras desde o período colonial. O planejamento e o projeto de novas cidades impulsiona a criação de espaços livres, como no caso do município de Umuarama – Paraná. A cidade, fundada no ano de 1955, possui um sistema viário radial, fundamentado no conceito de Cidade-Jardim, que utiliza malhas ortogonais e diagonais no traçado das vias. Este plano possibilitou a implantação de diversas praças, que fazem parte da história da cidade por estarem presentes desde a sua fundação, ainda que seja recente. O objetivo deste artigo é analisar os espaços livres da cidade de Umuarama – PR. Para isto, foi realizado um estudo de caso nas praças Santos Dumont, Arthur Thomas e Miguel Rossafa, localizadas em região central e previstas no projeto original da cidade. O método utilizado nesta pesquisa compreende a análise do caráter de praças históricas, proposto por Yamaki (2008). O método propõe dez critérios de análise que envolve a avaliação tanto da estrutura da praça, quanto da sua história. A síntese da análise é apresentada em forma de um gráfico radar. Os resultados mostram que a falta de significação histórica não prejudica a percepção geral do espaço livre. PALAVRAS-CHAVE: Espaço livre. Áreas verdes. Cidades planejadas.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

19-12-2017

How to Cite

Cardoso, C., Miranda, Y. C., & Angelis, B. L. D. D. (2017). Avaliação do Caráter das Praças de Umuarama – PR. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 13(8). https://doi.org/10.17271/1980082713820171737

Issue

Section

Complete Article

Most read articles by the same author(s)