Avaliação do Impacto Ambiental Utilizando Ferramentas Físico-Químicas

Autores

  • Gilmar de Almeida Gomes
  • Carolina Franchini
  • Eliziane Zambiasi

DOI:

https://doi.org/10.17271/1980082714120181763

Resumo

Em vista dos problemas atuais relacionados a água própria para consumo humano, é necessário avaliar e preservar os recursos hídricos disponíveis. Este artigo apresenta os resultados de análises físico-químicas (cloreto, dureza, alcalinidade e pH) para os rios Lajeado Bonito e Limeira da cidade de Pinhalzinho, Oeste de Santa Catarina e também os cálculos de Energia de Gibbs para cada ponto avaliado. Também foram comparados os resultados obtidos com os anteriores de 2015. Notou-se uma piora em relação a maioria dos pontos para os dois rios, indicando uma maior ação antropogênica sobre eles. Houve aumento principalmente no teor de cloreto dos dois rios, indicando maior carga de esgotos domésticos lançados nestes pontos. Ocorreu variação na Energia de Gibbs para todos os pontos. Quanto menor a Energia de Gibbs, mais estável é o sistema, mas essa estabilidade do sistema vem à custa de uma vizinhança com maior energia para evitar o desequilíbrio ambiental. PALAVRAS-CHAVE: Rio Lajeado Bonito. Rio Limeira.Íons.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-03-06

Como Citar

Gomes, G. de A., Franchini, C., & Zambiasi, E. (2018). Avaliação do Impacto Ambiental Utilizando Ferramentas Físico-Químicas. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 14(1). https://doi.org/10.17271/1980082714120181763

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)