Investigação de oocistos de Cryptosporidium spp em amostras fecais de crianças escolares do município de Araçatuba, SP.

Autores

  • Gabriela Torres Rebech
  • Gabriel de Lima P. Spagnuolo
  • Luiz Gustavo Ferraz Lima Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium UniSALESIANO

DOI:

https://doi.org/10.17271/1980082715120191866

Palavras-chave:

Protozoário, oocisto, fezes, infância

Resumo

Criptosporidiose é uma doença causada por protozoários do gênero Cryptosporidium, coccídio do filo Apicomplexa que infecta aves, répteis, anfíbios, peixes e mamíferos, incluindo seres humanos. Em crianças tem sido frequentemente relatada devido a imaturidade do sistema imunológico. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi investigar a presença de oocisto de Cryptosporidium spp., por meio de exame coproparasitológico, em amostras fecais de crianças de 6 a 12 anos de idade. As lâminas foram preparadas com esfregaços diretos das amostras e coradas de acordo com os metodos de Zihel e Neelsen modificado e em seguida, foram examinadas ao microscópio óptico (400x), por dois examinadores. Nas duas análises todas as amostras foram consideradas negativas para a presença de oocisto de Cryptosporidium sp. Embora no exame parasitológico o resultado negativo foi absoluto (100%), sugere-se a realização de outros exames que promovam o enriquecimento das amostras, usando-os concomitante com os métodos parasitológicos para proporcionar maior especificidade e resultados fidedignos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Gustavo Ferraz Lima, Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium UniSALESIANO

Graduado em Ciências Biológicas pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas-PUCC (1984), mestre (1999) e doutor (2005) em Parasitologia pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP. Atualmente é Professor Assistente Doutor pelo Centro Universitário Católico Salesiano Auxilum - UniSALESIANO, atuando há 15 anos no ensino superior e há 24 anos em diagnóstico Parasitológico, no Laboratório de Parasitologia Veterinária na Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP. Tem experiência na área de Parasitologia, com ênfase em diagnóstico em Helmintologia, Protozoologia e Entomologia. Atua nas áreas de Educação Pesquisa e Extensão.

Downloads

Publicado

2019-07-07

Como Citar

Rebech, G. T., Spagnuolo, G. de L. P., & Lima, L. G. F. (2019). Investigação de oocistos de Cryptosporidium spp em amostras fecais de crianças escolares do município de Araçatuba, SP. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 15(1). https://doi.org/10.17271/1980082715120191866

Edição

Seção

Artigo Completo