DESASTRES AMBIENTAIS EM JARAGUÁ DO SUL – SC: PERCEPÇÃO POPULACIONAL

Authors

  • Felipe Amaro da Silva
  • André Luiz Pinto
  • Agnes Cassia Dias

DOI:

https://doi.org/10.17271/19800827782011196

Abstract

O Município de Jaraguá do Sul vem sofrendo ao longo dos anos pelos constantes desastres ambientais, nesse estudo priorizaram-se os casos dos anos de 2008 e 2011. Para entender o processo traumático de um desastre buscou-se enfatizar a percepção da população de Jaraguá do Sul frente aos desastres, foram levantados dados com base na percepção e interpretação após um desastre ambiental, e suas diferentes percepções sobre o desastre. Após entendermos a percepção de uma população traumatizada, podemos compreender ao fundo o que é um desastre, juntamente com as teorias estudadas ao longo do tempo sobre essa questão, a percepção vem agregar valores a ciência exata e teórica. O Município localiza-se, em um vale da Serra do Mar que apresenta vulnerabilidade a processos naturais de desnudação que, dadas as condições climáticas, geológicas, geomorfológicas e de ocupação antrópica aumentam o risco de ocorrências de desastres naturais como inundações e movimentos de massa. O município de Jaraguá do Sul declarou situação de emergência em 20 de novembro de 2008 e, posteriormente, estada de calamidade pública, em 14 de dezembro do mesmo ano. Já no ano de 2011, precisamente no mês de janeiro e fevereiro o município entrou em estado de alerta, com riscos de enchentes e deslizamentos.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Felipe Amaro da Silva

André Luiz Pinto

Agnes Cassia Dias

Published

10-11-2011

How to Cite

Silva, F. A. da, Pinto, A. L., & Dias, A. C. (2011). DESASTRES AMBIENTAIS EM JARAGUÁ DO SUL – SC: PERCEPÇÃO POPULACIONAL. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 7(8). https://doi.org/10.17271/19800827782011196

Issue

Section

Complete Article

Most read articles by the same author(s)

1 2 > >>