AVALIAÇÃO DO USO DA TERRA NA BACIA HIDROGRÁFICA RIBEIRÃO ÁGUA LIMPA – BRASILÂNDIA/MS

Autores

  • Angélica Estigarribia São Miguel
  • Rafael Brugnolli Medeiros
  • Wallace de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.17271/19800827822012238

Resumo

Este trabalho tem como objetivo maior, avaliar o uso da terra e cobertura vegetal na Bacia Hidrográfica Ribeirão Água Limpa, situada no município de Brasilândia/MS. Foi utilizada a metodologia proposta por Christofoletti (1980) na determinação da análise morfométrica, ou seja, análise linear e areal. O processo de manipulação dos dados foi executado no SIG Spring 5.0.6, foram utilizadas imagens do sensor TM (Thematic Mapper) a bordo do satélite LANDSAT 5, respectivamente, nas bandas espectrais 3, 4 e 5 – 30 metros de resolução espacial, nos anos de 1999 e 2010.  Como resultados preliminares, comparamos as imagens de satélite por meio de análise do mapa de uso da terra e cobertura vegetal e observou-se que a pastagem representa a maioria do uso da terra na bacia. Devido a isso houve uma diminuição da vegetação florestal e vegetação campestre, que na área corresponde a campo cerrado. A vegetação de solo úmido aumentou durante os anos o que é resultado da melhor drenagem das águas superficiais da bacia. Concluiu-se que a bacia tem fraca a tendência de geração de cursos d’água, devido ao relevo plano, solo permeável e pouca precipitação. Outro fator a ser ressaltado é a carência de uma maior cobertura vegetal, que acaba prejudicando o solo e os recursos hídricos da bacia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-11-10

Como Citar

São Miguel, A. E., Medeiros, R. B., & Oliveira, W. de. (2012). AVALIAÇÃO DO USO DA TERRA NA BACIA HIDROGRÁFICA RIBEIRÃO ÁGUA LIMPA – BRASILÂNDIA/MS. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 8(2). https://doi.org/10.17271/19800827822012238

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)