A contribuição do Modelo FPEIR nos estudos das bacias hidrográficas brasileiras

Autores

  • Bruna A. Branchi
  • Denise Helena Lombardo Ferreira

DOI:

https://doi.org/10.17271/1980082716420202442

Resumo

O aumento populacional e a exploração dos recursos naturais têm colocado em risco a preservação dos recursos hídricos, de forma que algumas bacias hidrográficas brasileiras já se encontram em degradação ambiental. O modelo Força Motriz-Pressão-Estado-Impacto-Resposta é uma importante ferramenta aplicada no estudo da sustentabilidade das bacias hidrográficas. O objetivo deste estudo é investigar o perfil das pesquisas publicadas na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações sobre a aplicação do método Força Motriz-Pressão-Estado-Impacto-Resposta em bacias hidrográficas. Para isso é utilizada a abordagem exploratória descritiva. Os resultados mostram que das onze publicações encontradas no período de 2006 a 2019, sete são teses e quatro são dissertações, sendo que 64% são dos últimos quatro anos. Todas as publicações são de universidades públicas e, na quase totalidade, federais, com destaque as Universidades Federais do Ceará e do Espírito Santo. A área de avaliação da Capes Multidisciplinar é a mais frequente, totalizando cinco pesquisas entre teses e dissertações em Ciências Ambientais, Oceanografia Ambiental e Desenvolvimento e Meio Ambiente. Das onze publicações selecionadas, oito usam o modelo Força Motriz-Pressão-Estado-Impacto-Resposta para identificar indicadores que permitem avaliar a qualidade ambiental da bacias hidrográfica. Com exceção de uma dissertação, em todas as demais publicações prevalece a abordagem de pesquisa qualitativa. PALAVRAS-CHAVE: Recursos Hídricos. DPSIR. Desenvolvimento Sustentável.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

12-07-2020

Como Citar

Branchi, B. A., & Ferreira, D. H. L. (2020). A contribuição do Modelo FPEIR nos estudos das bacias hidrográficas brasileiras. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 16(4). https://doi.org/10.17271/1980082716420202442

Edição

Seção

Artigo Completo