TRATAMENTO DOS RESERVATÓRIOS DE ÁGUA DO PERÍMETRO RURAL DA CIDADE DE PINHALZINHO/SC

Autores

  • Raquel Bulegon
  • Andreia Zamiani
  • Gilmar de Almeida Gomes

DOI:

https://doi.org/10.17271/19800827822012251

Resumo

O aumento populacional tem como consequência o uso crescente dos recursos naturais, na maioria das vezes de forma irracional, trazendo como consequência grandes desequilíbrios ambientais. Os recursos hídricos estão sofrendo várias formas de contaminação, podendo gerar impactos tanto nas águas subterrâneas como nas superficiais. O objetivo do presente estudo foi avaliar a qualidade da água de 11 pontos do perímetro rural do município de Pinhalzinho, oeste do estado de Santa Catarina. Os métodos utilizados foram análises microbiológicas (coliformes fecais e totais) e físico-químicas (cloreto, condutividade elétrica, pH, sólidos e turbidez). A avaliação das análises mostrou que todos os pontos possuem algum resultado fora dos padrões estabelecidos, sendo que o ponto 9, Linha Santa Terezinha, apresentou relativa relevância pois apresentou os maiores índices para coliformes fecais (16 NMP/100 ml), coliformes totais ( >16 NMP/ 100 ml) e turbidez ( 1,52 UNT), concluindo que o monitoramento e tratamento destas águas é uma necessidade urgente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-11-10

Como Citar

Bulegon, R., Zamiani, A., & Gomes, G. de A. (2012). TRATAMENTO DOS RESERVATÓRIOS DE ÁGUA DO PERÍMETRO RURAL DA CIDADE DE PINHALZINHO/SC. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 8(2). https://doi.org/10.17271/19800827822012251

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)