INTENSIFICAÇÃO DA PRODUÇÃO DE OVINOS EM PASTO x SUSTENTABILIDADE

Autores

  • Rafael Eduardo Lourenço Pinê
  • Rafael Silvio Bonilha Pinheiro
  • Ramon Cellin Rochetti

DOI:

https://doi.org/10.17271/19800827872012329

Resumo

No presente trabalho objetivou-se avaliar a produção de matéria seca e o desempenho de borregas em sistema rotacionado de pastejo de Colonião (Panicum maximum cv.), submetido a doses crescentes de nitrogênio. Os tratamentos foram constituídos por 0, 75 e 150 kg/ha de nitrogênio na forma de uréia. No final do experimento as borregas foram pesadas e foi possível calcular o ganho de peso no período experimental (kg) e diário (g), o qual foi maior para os animais do tratamento em que não foi adubada a pastagem com uréia (2,5 kg e 44,64g/dia) em relação a pastagem adubada com 150 kg/ha nitrogênio (0,87 kg e 15,53 g/dia). Conclui-se que a utilização da adubação nitrogenada proporcionou maior quantidade de forragem em relação à pastagem não adubada, portanto há possibilidade do sistema de produção apresentar maior produtividade sem a necessidade de desmatamento de novas áreas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-11-10

Como Citar

Pinê, R. E. L., Pinheiro, R. S. B., & Rochetti, R. C. (2012). INTENSIFICAÇÃO DA PRODUÇÃO DE OVINOS EM PASTO x SUSTENTABILIDADE. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 8(7). https://doi.org/10.17271/19800827872012329