ANÁLISE DA VIABILIDADE E RENTABILIDADE DO USO DO BABAÇU PARA A PRODUÇÃO DO BIODIESEL

Autores

  • Fernando Ferrari Putti
  • Rafael Ludwig
  • Amanda Sanches Ravazi

DOI:

https://doi.org/10.17271/19800827872012335

Resumo

O atual contexto de responsabilidade ambiental, degradação do meio ambiente, escassez, monopólio e inconstância dos valores do petróleo fizeram com que os países buscassem alternativas de combustíveis renováveis com baixo impacto ambiental, buscando substituir a utilização de combustíveis fósseis por biocombustíveis.Uma dessas fontes renováveis é o babaçu, que apresenta grande potencial econômico e social. Além da sua vantagem em relação a algumas oleaginosas devido a maior densidade do seu óleo, seu coco pode ser aproveitado integralmente em mais de 64 subprodutos.O babaçu é uma cultura extrativista e devido à falta de tecnologia para colher seus frutos, sua extração é realizada de forma manual, pelas mulheres da região, também conhecidas como quebradeiras de coco do babaçu. O objetivo dessa pesquisa é reunir informações sobre o tema, que são necessárias para discussão e análise da viabilidade e rentabilidade do uso do babaçu para a produção do biodiesel. Apesar de todos os aspectos positivos que o Babaçu apresenta sua utilização para a produção de biodiesel não é capaz de suprir a demanda nacional. A alternativa seria a mecanização da colheita, mas isso impactaria, de forma negativa, em aspectos sociais, o que causaria grandes problemas regionais, sejam absolutamente necessários; quando seu emprego for imprescindível, defini-los na primeira vez que aparecerem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-11-10

Como Citar

Putti, F. F., Ludwig, R., & Ravazi, A. S. (2012). ANÁLISE DA VIABILIDADE E RENTABILIDADE DO USO DO BABAÇU PARA A PRODUÇÃO DO BIODIESEL. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 8(7). https://doi.org/10.17271/19800827872012335