USO E APROPRIAÇÃO DA PRAÇA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO: UMA VISÃO DA SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL DO ESPAÇO PÚBLICO DE CORRENTES-PE

Autores

  • Ana Maria Severo Chaves
  • Maria Betânia Moreira Amador

DOI:

https://doi.org/10.17271/19800827942013491

Resumo

Resumo: As praças na atualidade nem sempre são vistas como espaço público de lazer, a ela são atribuídos diversos adjetivos, referentes a seu uso e apropriação. No caso das praças das grandes cidades, dependendo da localização, elas podem ser um espaço livre abandonado à marginalidade e representam um ambiente hostil e indesejado. Em função disso, principalmente as famílias, procuram suprir para os filhos espaços livres e de lazer dentro dos condomínios, situação visível em cidades de médio e grande porte. No caso de pequenas cidades, embora também haja situação semelhante, o grau de percepção desses espaços ainda não oferece tanta periculosidade e, por outro lado, esses espaços livres geralmente são apropriados por pequenos comércios, feiras e pessoas que os utilizam em seus momentos de lazer.  Porém toda praça ou qualquer espaço urbano arborizado é um conjunto sistêmico que contribui para a sustentabilidade ambiental das cidades. Objetiva-se averiguar os modos de uso e apropriação do principal espaço público de Correntes-PE e diagnosticar a sua contribuição para sustentabilidade ambiental. A metodologia é voltada à percepção com registros fotográficos e entrevistas abertas feitas com a população que usa ou se apropria da Praça Nossa Senhora da Conceição. Chegando-se à confirmação de que são poucos frequentadores desses espaços livres que percebem mais de três funções ou benefícios oferecidos pela praça, bem como mostram alguma preocupação com os cuidados e manutenção desse ambiente, mas que é um patrimônio da população, onde a mesma também deve contribuir para sua integridade ambiental, estética e recreativa.

 

Palavras chaves: Praça Nossa Senhora da Conceição. Sustentabilidade Urbana. Percepção

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-11-10

Como Citar

Maria Severo Chaves, A., & Betânia Moreira Amador, M. (2013). USO E APROPRIAÇÃO DA PRAÇA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO: UMA VISÃO DA SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL DO ESPAÇO PÚBLICO DE CORRENTES-PE. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 9(4). https://doi.org/10.17271/19800827942013491

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>