ARBORIZAÇÃO URBANA: A QUESTÃO DAS PRAÇAS E CALÇADAS NO MUNICÍPIO DE LAJEDO-PE E A PERCEPÇÃO DA POPULAÇÃO.

Autores

  • Eliane da Silva Ferreira
  • Maria Betânia Moreira Amador

DOI:

https://doi.org/10.17271/19800827942013614

Resumo

RESUMO: As árvores urbanas proporcionam sombra, redução da poluição sonora e do impacto da água de chuva, contribuem na diminuição da temperatura e melhoram a qualidade do ar, e seu manejo devem fazer parte do planejamento urbano de todas as cidades no que tange à melhoria da qualidade de vida da população. Nesse sentido o desenvolvimento da nossa capacidade de percepção constitui-se hoje motivo para avaliação de muitos estudos, até mesmo no que se refere à arborização urbana. A percepção ambiental tem auxiliado na compreensão das expectativas, satisfações e insatisfações das populações no tocante ao meio e aos elementos relacionados à qualidade de vida e bem estar social. Sendo assim, esse estudo teve como objetivo investigar os aspectos do verde urbano, percebendo como a população valoriza essas áreas ao mesmo tempo buscou-se conhecer as principais espécies utilizadas na arborização das praças e calçadas do município de Lajedo-PE. A pesquisa foi, predominantemente, de ordem qualitativa. Os moradores entrevistados demonstraram conhecer os benefícios da arborização, bem como a preocupação em manter as árvores existentes e colaborar para a ampliação da área verde na região. Os problemas identificados podem ser minimizados a partir de ações educativas como a distribuição de folhetos informativos, uma vez que, a vegetação urbana é o componente ambiental mais visível e provavelmente o que primeiro pressiona a população local ou visitante.

 

Palavras-chave: Percepção. Arborização. Qualidade de vida. Praças. Calçadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-11-10

Como Citar

da Silva Ferreira, E., & Betânia Moreira Amador, M. (2013). ARBORIZAÇÃO URBANA: A QUESTÃO DAS PRAÇAS E CALÇADAS NO MUNICÍPIO DE LAJEDO-PE E A PERCEPÇÃO DA POPULAÇÃO. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 9(4). https://doi.org/10.17271/19800827942013614

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>