CONTROLE DO USO DE SACOLAS PLÁSTICAS E OS POSSÍVEIS BENEFÍCIOS AMBIENTAIS

Autores

  • Rossana Abud Cabrera-Rosa
  • Flávia Alves Verza
  • Casimiro Cabrera-Peralta

DOI:

https://doi.org/10.17271/19800827942013617

Resumo

RESUMO: O uso de sacolas plásticas para o acondicionamento/transporte de produtos consumidos representa item importante de conforto e praticidade nas atividades cotidianas. O descarte inadequado constitui risco para o meio ambiente. O objetivo deste estudo foi conhecer e quantificar o uso e as propostas de substituição das sacolas plásticas em supermercados e verificar se as sacolas biodegradáveis realmente apresentavam a degradação descrita pelo fabricante. Desta forma, foi aplicado questionário fechado nas empresas selecionadas. As questões solicitavam informações sobre número de sacolas/mês, impacto econômico/social da proibição do uso, nível de satisfação relatado ao supermercado pelos clientes, nível de insatisfação relatado ao supermercado pelos clientes, aumento ou não da venda de sacos de lixo, existência de atividades de educação/conscientização ambiental para com os funcionários e clientes. Através das visitas aos seis supermercados, foram obtidos dados necessários à pesquisa. Esses dados foram submetidos à tabulação para a visualização dos resultados. Para a avaliação do tempo de degradação, as sacolas foram enterradas em vasos com terra comum, deixados à temperatura ambiente, 186 dias, BIOFLORA UniSALESIANO. Os supermercados pesquisados demonstraram insatisfação dos clientes na retirada das sacolas plásticas, apenas um supermercado relatou que seus clientes não se manifestaram contra o  uso de eco bags. Ao serem desenterradas, as sacolas plásticas não demonstraram degradação significativa (<0,10), mesmo as biodegradáveis e as compostáveis. Através dos resultados obtidos, pôde-se observar a necessária formulação de alternativas eficientes para evitar o uso das sacolas plásticas, assim como a necessidade de realizar a adição de componentes que promovam a biodegradação das sacolas.

 

Palavras-chave: Sacolas Plásticas. Sacolas Biodegradáveis. Efeitos Ambientais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-11-10

Como Citar

Abud Cabrera-Rosa, R., Alves Verza, F., & Cabrera-Peralta, C. (2013). CONTROLE DO USO DE SACOLAS PLÁSTICAS E OS POSSÍVEIS BENEFÍCIOS AMBIENTAIS. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 9(4). https://doi.org/10.17271/19800827942013617