CONTEXTUALIZANDO AS ÁREAS VERDES URBANAS: UM ESTUDO DAS PRAÇAS EM CANHOTINHO/PE

Autores

  • Elaynne Mirele Sabino de França
  • Maria Betânia Moreira Amador

DOI:

https://doi.org/10.17271/19800827942013618

Resumo

RESUMO: O presente trabalho traz algumas discussões e definições, aproximadas, em relação a inquietações referentes as inúmeras conceituações de uma área verde urbana, espaço público e de como as praças desempenham função ecológica-social no ambiente urbano. Numa tentativa de realizar esta reflexão,  toma-se como referencia para categorizar as áreas verdes Benini e Martin que propõem, ao citar Daltoé, Cattoni, Loch, diante do que pode ser observado e dos elementos que fazem parte destas paisagens, no que diz respeito a um problema na conceituação e utilização de termos relativos ao objeto de estudo. E, no caso especifico dessa pesquisa, procurou-se aplicar esta classificação tomando-se por base duas das principais praças do município em estudo.

 

Palavras-chave: Áreas verdes urbanas, classificação, praças.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-11-10

Como Citar

Sabino de França, E. M., & Betânia Moreira Amador, M. (2013). CONTEXTUALIZANDO AS ÁREAS VERDES URBANAS: UM ESTUDO DAS PRAÇAS EM CANHOTINHO/PE. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 9(4). https://doi.org/10.17271/19800827942013618

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>