ESTUDO DA FOTODEGRADAÇÃO DE EFLUENTE DE INDÚSTRIA DE CELULOSE E PAPEL EMPREGANDO OS FOTOCATALISADORES DE TiO2, ZnO E Nb2O5

Autores

  • Rubiane Ganascim Marques
  • Veronice Slusarki Santana
  • Nádia Regina Camargo Fernandes-Machado

DOI:

https://doi.org/10.17271/198008279112013677

Resumo

RESUMO: O setor de celulose e papel apresenta um efluente com uma elevada carga orgânica e alta coloração. Os tratamentos convencionais são eficientes para redução de DQO e DBO do efluente, mas mesmo após tratamento biológico, o efluente apresenta uma elevada coloração. Muitas indústrias já estão utilizando técnicas de tratamento terciário de efluentes para o polimento do mesmo, como a ultrafiltração. Uma alternativa para o polimento é a fotocatálise heterogênea. O presente trabalho teve como objetivo o estudo da degradação fotocatalítica de efluente de uma indústria integrada de produção de celulose e papel. Foram realizadas as caracterizações dos catalisadores através de difração de raio-x e análise textural. Os testes fotocatalíticos foram realizados em reator batelada sob irradiação UV (250W). Os catalisadores reduziram parcialmente a carga orgânica do efluente. Os melhores resultados foram obtidos com ZnO, sendo alcançada uma redução de 35% da DQO quando foi utilizado ZnO mássico calcinado a 500oC.

Palavras chaves: Fotocatálise heterogênea. Efluente Kraft. Pentóxido de nióbio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-11-10

Como Citar

Ganascim Marques, R., Slusarki Santana, V., & Regina Camargo Fernandes-Machado, N. (2013). ESTUDO DA FOTODEGRADAÇÃO DE EFLUENTE DE INDÚSTRIA DE CELULOSE E PAPEL EMPREGANDO OS FOTOCATALISADORES DE TiO2, ZnO E Nb2O5. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 9(11). https://doi.org/10.17271/198008279112013677