ESTUDO DE VIABILIDADE PARA INCORPORAÇÃO DE LODO DE ESGOTO EM SOLOS: CARACTERIZAÇÃO BIOLÓGICA E DE PARÂMETROS QUIMICOS

Autores

  • Welliton Leandro de Oliveira Boina
  • João Sergio Cordeiro

DOI:

https://doi.org/10.17271/198008279112013682

Resumo

RESUMO: Os problemas na área de saneamento continuam sendo de grande preocupação no Brasil em decorrência da crescente urbanização e aglomeração da população nas cidades e núcleos urbanos. Esses fatos têm levado ao agravamento das condições ambientais, tornando cada vez mais inadequadas as condições de vida devido à poluição dos mananciais e corpos receptores das proximidades. A falta de tratamento dos esgotos e condições adequadas de saneamento pode contribuir para a proliferação de inúmeras doenças parasitárias e infecciosas. Entretanto, para que se possa dar o destino correto ao lodo é necessário antes conhecer a sua composição real; por isso é fundamental que haja a caracterização do resíduo a fim de conhecer seus componentes e proporcionar tratamento e disposição final correta. Neste sentido, este trabalho teve por finalidade a caracterização biológica e dos parâmetros químicos em lodos de esgotos sanitários da Estação de Tratamento de Esgoto – Limoeiro no Município de Presidente Prudente-SP. A caracterização foi feita conforme rege a Resolução CONAMA Nº 375/06 para disposição final em solos agrícolas. As amostras foram obtidas de acordo com o procedimento de amostragem da Norma NBR 10007/2004 e as análises laboratoriais seguiram a metodologia da 21st Edition of Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater.

Palavras-chave: Agricultura. Biossólido. Lodos. BAG´s, ETE

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-11-10

Como Citar

Leandro de Oliveira Boina, W., & Sergio Cordeiro, J. (2013). ESTUDO DE VIABILIDADE PARA INCORPORAÇÃO DE LODO DE ESGOTO EM SOLOS: CARACTERIZAÇÃO BIOLÓGICA E DE PARÂMETROS QUIMICOS. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 9(11). https://doi.org/10.17271/198008279112013682