AVALIAÇÃO COMPARATIVA ENTRE OS MÉTODOS DE DESINFECÇÃO EMPREGANDO CLORO E OZÔNIO DE ÁGUAS DESTINADAS AO ABASTECIMENTO DE PEQUENAS COMUNIDADES

Autores

  • Wallace R. R. Lopes
  • Rafael M. S. Oliveira
  • Juan C. V. Serra

DOI:

https://doi.org/10.17271/198008279112013690

Resumo

RESUMO: A busca por uma lógica social, ambiental e humanitária de que o acesso à água potável é um direito básico de todos esbarra muitas vezes em questões de viabilidade técnica e econômica no processo de tratamento da água, principalmente em países como o Brasil que possui território de proporções continentais e situação econômica e social heterogênea. As cidades de pequeno porte e as comunidades rurais, onde geralmente são necessárias tecnologias de desinfecção simples e de baixo custo, hoje se deparam com inexistência de sistemas de potabilização da água ou com sistemas de funcionamento intermitente e de desinfecção pouco confiável. Até recentemente não existiam alternativas de eficiência comprovada e custo competitivo em relação à cloração na desinfecção. Neste contexto, o ozônio ressurge como uma das principais alternativas na substituição do cloro. Por esse motivo, o presente artigo buscou apresentar, fundamentado na bibliografia atual, uma avaliação comparativa entre os métodos de desinfecção empregando cloro e ozônio de águas destinadas ao abastecimento de pequenas comunidades.

PALAVAS-CHAVE: Desinfecção. Cloro. Ozônio. Abastecimento. Pequenas comunidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-11-10

Como Citar

R. R. Lopes, W., M. S. Oliveira, R., & C. V. Serra, J. (2013). AVALIAÇÃO COMPARATIVA ENTRE OS MÉTODOS DE DESINFECÇÃO EMPREGANDO CLORO E OZÔNIO DE ÁGUAS DESTINADAS AO ABASTECIMENTO DE PEQUENAS COMUNIDADES. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 9(11). https://doi.org/10.17271/198008279112013690