ANÁLISE DO TRATAMENTO DE ÁGUA E ESGOTO NO ESTADO DO TOCANTINS

Autores

  • Paulo R. Sousa
  • Rafael M. S. Oliveira
  • Aurelio P. Picanço

DOI:

https://doi.org/10.17271/198008279112013691

Resumo

Resumo: As questões ligadas ao saneamento do meio ainda são um grande desafio para a melhoria da saúde pública da população. Dados demonstram que o Brasil possui graves problemas nessa área principalmente nas relacionadas a gestão de resíduos sólidos e coleta e tratamento de esgotos sanitários. Essa ultima atinge mais de 50 % da população do país as quais não possuem sistema de coleta e de disposição de esgoto, e quando possuem sistemas de disposição muitas vezes esses não possuem adequação técnica para tal. O estado do Tocantins não foge a regra o estado possui cerca de 85% da população sem rede de esgoto. Na maioria das cidades a disposição e feita em fossas negras, inadequadas ambientalmente e legalmente para a disposição, essas cidades em sua grande maioria não possui caminhão limpa fossa e os excrementos dos moradores são dispostos nessas fossas e absorvidos pelo solo. Este estudo demonstra a atual situação do tratamento de água e  sistema de coleta e tratamento de esgoto do Estado do Tocantins.

Palavras-chave: Saneamento. Esgoto sanitário. Estado do Tocantins

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-11-10

Como Citar

R. Sousa, P., M. S. Oliveira, R., & P. Picanço, A. (2013). ANÁLISE DO TRATAMENTO DE ÁGUA E ESGOTO NO ESTADO DO TOCANTINS. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 9(11). https://doi.org/10.17271/198008279112013691