A paisagem urbana viária na perspectiva do pedestre: estudo da Avenida Nações Unidas em Bauru/SP

Autores

  • Maria Clara Ortega Pichinin
  • Fernanda Moço Foloni
  • Norma Regina Truppel Constantino

DOI:

https://doi.org/10.17271/2318847253320171605

Resumo

O uso das ruas no meio urbano foi se transformando conforme às necessidades de seus habitantes. Inicialmente, era exclusivamente voltada para o trânsito de pedestres e transportes de tração animal; no Século XIX, o automóvel começou a se popularizar, alterando gradativamente a função das ruas e a paisagem local para acomodar um novo estilo de vida, cuja qualidade foi decaindo com o passar do tempo. Projetos viários contemporâneos ainda priorizam as ruas para os veículos, reduzindo os espaços de permanência e passagem de pedestres. A Avenida Nações Unidas em Bauru/SP, é um exemplo de via construída especialmente para a expansão urbana e passagem de automóveis, visto que a cidade – entroncamento ferroviário, rodoviário, e polo regional – precisava, segundo a gestão da época, se modernizar para atrair indústrias. O objetivo deste trabalho é analisar como se deu essa transformação da paisagem e esclarecer as consequências da prevalência do espaço urbano para o automóvel, analisando a atratividade da Avenida Nações Unidas e estudando sua paisagem atual. Foram utilizadas bibliografias relacionadas, levantamentos documentais, cartográficos e fotográficos (obtidos em visitas de campo) para traçar os eixos de conexão entre o estudo teórico, as transformações históricas e a atratividade da avenida do ponto de vista do pedestre. Dessa forma, conclui-se a importância do estudo da paisagem (morfologia e população) para projetos viários que retornem o espaço urbano às pessoas.

 

PALAVRAS-CHAVE: Paisagem urbana. Ruas. Bauru/SP.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

09-12-2017

Como Citar

Pichinin, M. C. O., Foloni, F. M., & Constantino, N. R. T. (2017). A paisagem urbana viária na perspectiva do pedestre: estudo da Avenida Nações Unidas em Bauru/SP. Revista Nacional De Gerenciamento De Cidades, 5(33). https://doi.org/10.17271/2318847253320171605

Edição

Seção

Artigos Completos