Avaliação do fluxo hidrológico dos rios Lajeado Bonito e Limeira comparando atividades urbanas e rurais sobre a qualidade da água

Autores

  • Carolina Franchini
  • Gilmar de Almeida Gomes

DOI:

https://doi.org/10.17271/1980082713120171489

Resumo

A água é um recurso natural que precisa ser preservado, pois a grande maioria encontra-se imprópria ou escassa ao consumo. Este trabalho buscou avaliar a diferença das ações antropogênicas rurais e urbanas em dois rios, Limeira e Lajeado Bonito, na cidade Pinhalzinho – SC. Foram realizadas análises físico-químicas como: condutividade, cloreto, dureza, alcalinidade e pH, durante o segundo semestre de 2015. Para o Rio Lajeado Bonito, os pontos localizados na área urbana apresentaram maior carga de contaminantes. Sendo que, para este Rio, o ponto dois mostrou o teor mais elevado de íons, isto se justifica por este ponto estar sujeito a maior carga de contaminação antropogênica. Já para o Rio Limeira, houve pouca diferença entre os pontos urbanos e rurais analisados, demonstrando que a variação nos contaminantes deste rio não afeta diretamente os parâmetros analisados, sendo necessário novos estudos mais aprofundados. Contudo, durante as coletas, era observado grande carga de contaminantes em ambos os rios, demonstrando a necessidade de educação ambiental.

 

PALAVRAS-CHAVE: Rio Lajeado Bonito. Rio Limeira. Íons. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-01-01

Como Citar

Franchini, C., & Gomes, G. de A. (2017). Avaliação do fluxo hidrológico dos rios Lajeado Bonito e Limeira comparando atividades urbanas e rurais sobre a qualidade da água. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 13(1). https://doi.org/10.17271/1980082713120171489

Edição

Seção

Artigo Completo

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)