DILEMAS DA SUSTENTABILIDADE RURAL, CAMINHOS...

Authors

  • Waleska Souza Carvalho Santana
  • Ana Paula Oliveira Ribeiro
  • Sidinéia Fernandes Marciel

DOI:

https://doi.org/10.17271/19800827972013554

Abstract

RESUMO: No Mato Grosso do Sul os sistemas ambientais físicos tem sentido a invasão espacial dos mais diferentes tipos de uso e ocupação da terra. Existem ambientes que tem sofrido agressões constantes cujos resultados levam ao estabelecimento de politicas que conduzam à tomada de decisões imediatas para se evitar a extensão dos riscos à natureza. A instalação do projeto de assentamento Campina, apesar de recente, ocupa uma área onde aos olhos das questões ambientais parece estar em local impróprio quando o tamanho total dos seus lotes é quase similar ao tamanho coletivo da área de reservar legal, criando oportunidades ao homem de direta ou indiretamente interferir na sustentabilidade deste ambiente. A atividade extensionista procura mostrar que desde a ocupação, as diferentes modalidades de uso do solo podem estar contribuindo para que consequência na movimentação dos colúvios, reduzindo a espessura dos solos produzirá efeitos lentos, porém de magnitude significativa na degradação dos solos e até a possibilidade de abandono deste espaço. Os primeiros resultados da atividade extensionista têm revelado necessidades de adequações as condições sócio espaciais dos moradores do assentamento, participantes do curso, permitindo entender que a dinâmica do conteúdo ministrado revela-se melhor aproveitada quando distribuída por grupos de moradores, respeitando as condições de localização geográficas.

PALAVRAS CHAVE: Dinâmica ambiental, Serra da Bodoquena, Movimentação de colúvios.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2013-11-10

How to Cite

Carvalho Santana, W. S., Oliveira Ribeiro, A. P., & Fernandes Marciel, S. (2013). DILEMAS DA SUSTENTABILIDADE RURAL, CAMINHOS. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 9(7). https://doi.org/10.17271/19800827972013554