INFLUÊNCIA DA ADIÇÃO DO RESÍDUO DE CORTE DE MÁRMORE E GRANITO (RCMG) NA REOLOGIA DAS ARGAMASSAS

Authors

  • Gabriel Ricardo Silva Santos
  • Elenice Carmo de Abreu Apolinário
  • Daniel Véras Ribeiro

DOI:

https://doi.org/10.17271/19800827912013596

Abstract

RESUMO: A construção civil é a atividade que mais consome recursos não-renováveis em todo o planeta. Em contrapartida, possui a capacidade de incorporar rejeitos gerados por outras atividades, minimizando impactos oriundos de descartes inadequados e reduzindo o seu próprio consumo de matéria-prima. Nesse cenário está o resíduo de corte de mármore e granito (RCMG), o qual ainda não possui um destino adequado, sendo disposto indevidamente no meio ambiente, resultando em impactos ambientais que podem comprometer a flora e a fauna. Em matrizes cimentíceas, o RCMG tem a capacidade de agir como filler, ocupando os espaços vazios existentes em argamassas e concretos e, assim, modificando suas características reológicas. No presente estudo, foram adicionados teores de 5%, 10% e 15% de resíduo, em relação à massa de cimento, em argamassas de cimento Portland. Em seguida, avaliaram-se a densidade de massa, o teor de ar incorporado, a retenção de água, além de suas propriedades reológicas, por meio da mesa de consistência, flow table, e do squeeze flow. Os resultados indicaram que a argamassa confeccionada com adição do resíduo de 10% apresentou o melhor desempenho, concluindo-se, então, que a utilização do RCMG é uma alternativa tecnicamente viável para adição a argamassas.

Palavras-chave: resíduo, mármore e granito, argamassas, reologia.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

10-11-2013

How to Cite

Ricardo Silva Santos, G., Carmo de Abreu Apolinário, E., & Véras Ribeiro, D. (2013). INFLUÊNCIA DA ADIÇÃO DO RESÍDUO DE CORTE DE MÁRMORE E GRANITO (RCMG) NA REOLOGIA DAS ARGAMASSAS. Periódico Eletrônico Fórum Ambiental Da Alta Paulista, 9(1). https://doi.org/10.17271/19800827912013596