Cidades Médias Amapaenses: Uma Análise Sob a Ótica Do Planejamento Urbano

Autores

  • Suéllen Conceição de Oliveira da Silva
  • José Francisco de Carvalho Ferreira
  • José Alberto Tostes

DOI:

https://doi.org/10.17271/2318847253620171636

Resumo

O Amapá é um estado brasileiro, localizado na faixa de fronteira, sua origem fundamentou-se nas diretrizes do Governo Federal, seja enquanto Território Federal, seja no seu processo de estadualização. Sua economia baseia-se no extrativismo, especialmente mineral, e nos serviços; possui 16 municípios, sendo que mais de 80% da população estadual encontra-se nas cidades de Macapá e Santana. Os primeiros debates sobre cidades médias no Brasil partem da década de 1970 que adotaram como elemento definidor de classificação do porte médio apenas o aspecto demográfico. Entretanto, atualmente apresentam-se novos estudos no intuito de identificar o real papel dessas cidades na rede urbana. Ainda se dá de forma reduzida as discussões sobre cidades médias na Amazônia. Este trabalho versará sobre as cidades de Macapá e Santana em sua concepção de cidades médias amazônicas no Amapá e sua contribuição para o desenvolvimento do Estado. Visto que ambas apresentam grandes potencialidades na conjuntura regional e são consideradas ponto de interligação do Amapá com o Brasil e o exterior e como isso se inter-relaciona ao planejamento urbano das duas cidades. O objetivo do trabalho está na compreensão em relacionar os dois municípios que formam a área metropolitana do estado e sua contribuição, pontuando os elementos que corroboram para o desenvolvimento regional. Tais preceitos partem da discussão do planejamento urbano como instrumento para a promoção do desenvolvimento no Amapá no cenário amazônico e mesmo mundial, a partir de suas duas cidades médias: Macapá e Santana.

PALAVRAS-CHAVE: Cidades Médias. Amapá. Planejamento Urbano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

10-12-2017

Como Citar

Silva, S. C. de O. da, Ferreira, J. F. de C., & Tostes, J. A. (2017). Cidades Médias Amapaenses: Uma Análise Sob a Ótica Do Planejamento Urbano. Revista Nacional De Gerenciamento De Cidades, 5(36). https://doi.org/10.17271/2318847253620171636

Edição

Seção

Artigos Completos