“Casarões” de Bocaina: Mapeamento por meio da linguagem arquitetônica

Autores

  • Ana Laura Assumpção
  • Paulo César Castral

DOI:

https://doi.org/10.17271/2318847274920192113

Resumo

O estudo tem como foco uma primeira sistematização do patrimônio arquitetônico da cidade de Bocaina, pertencente ao período de formação da mesma, final do século XIX e início do XX. Bocaina, localizada no interior do estado de São Paulo, representa a particularidade da ocupação das cidades do ciclo cafeeiro paulista e ainda conserva muito as características originais. Sem ter qualquer intervenção governamental, o cuidado para com esses bens arquitetônicos parece vir dos próprios moradores, os quais mantêm erguida grande parte dessas edificações até hoje. A proposta do presente estudo é entender os chamados “casarões de Bocaina” sob o ponto de vista das tendências arquitetônicas da época. Para tanto, realizou-se um mapeamento inicial de 58 residências por meio da observação das fachadas, as quais foram fotografadas em seu estado atual. Os dados foram sistematizados no formato de "fichas patrimoniais" conforme parâmetros criados por meio de revisão bibliográfica e com base em características relevantes dos estilos arquitetônicos. Foi possível observar, fundamentado na análise dos resultados, a predominância de uma arquitetura eclética, ora com elementos classicizantes, com traços art-déco, neocolonial, ora próxima dos chalets. O presente estudo constitui-se, assim, uma primeira etapa de aproximação ao patrimônio arquitetônico da cidade de Bocaina, que será desenvolvida dentre as atividades de pesquisa do Núcleo de Pesquisa em Estudos de Linguagem em Arquitetura e Cidade, do IAU.USP, com o objetivo de investigar a percepção da população em relação ao patrimônio, bem como seu papel na preservação do mesmo, podendo pautar estratégias preservacionistas no âmbito das políticas públicas. PALAVRAS-CHAVE: Patrimônio. Linguagem arquitetônica. Bocaina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

22-08-2019

Como Citar

Assumpção, A. L., & Castral, P. C. (2019). “Casarões” de Bocaina: Mapeamento por meio da linguagem arquitetônica. Revista Nacional De Gerenciamento De Cidades, 7(49). https://doi.org/10.17271/2318847274920192113

Edição

Seção

Artigos Completos