Bacias Hidrográficas PCJ: impactos da segurança hídrica no Assentamento Milton Santos, Americana/SP

Autores

  • Jakeline Pertile Mendes
  • Denise Helena Lombardo Ferreira
  • Cibele Roberta Sugahara

DOI:

https://doi.org/10.17271/2318847286520202578

Resumo

 

Os impactos das atividades antrópicas ao meio ambiente e exploração desenfreada propiciam um cenário de devastação dos recursos naturais, e isso também reflete nas Bacias Hidrográficas. Este estudo tem por objetivo apresentar as dimensões do Plano Nacional de Segurança Hídrica e a sua relação com as atividades realizadas no Assentamento Milton Santos, localizado na Região Metropolitana de Campinas/SP. O assentamento foi escolhido como objeto de estudo, pois está inserido em uma região com grande influência econômica, e faz parte dos Projetos de Desenvolvimento Sustentável pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, desde os anos 2000. Para tanto, a metodologia tem caráter exploratório, baseada na pesquisa bibliográfica e documental. Os recursos naturais como o uso da água, solo e manejo de florestas, são a base para muitas atividades humanas e econômicas de subsistência, por isso, nota-se a importância das atividades realizadas pelo objeto de estudo em questão, tendo em vista que essas atividades podem contribuir na gestão da segurança hídrica das Bacias Hidrográficas em que se encontra inserida. Além disso, estão vinculadas às práticas de desenvolvimento sustentável, conforme alguns dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

   

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jakeline Pertile Mendes

    

Denise Helena Lombardo Ferreira

  

Cibele Roberta Sugahara

 

Downloads

Publicado

06-12-2020

Como Citar

Mendes, J. P., Ferreira, D. H. L., & Sugahara, C. R. (2020). Bacias Hidrográficas PCJ: impactos da segurança hídrica no Assentamento Milton Santos, Americana/SP. Revista Nacional De Gerenciamento De Cidades, 8(65). https://doi.org/10.17271/2318847286520202578

Edição

Seção

Artigos Completos